Assim foram aqueles dias…

Olha eu aqui de novo!!!

No post de ontem – este aqui! – eu contei sobre a cirurgia que fiz no dia 02 de março e ao final do post eu disse que voltaria e aqui estou eu, pronta para compartilhar algumas fotos e fazer um resumo daqueles dez dias passados no hospital.

Para começar preciso dizer que, hospital é hospital e isso significa que eu nao estava no meu lugar preferido 😁 !

Pois bem, sem necessidade de permanecer no intensivo logo após acordar da anestesia retornei ao quarto e foi um dia tranquilo, sem qualquer movimentação.

O corte foi o mesmo da cirurgia de 2013 mas, o “estrago” foi menor e justamente por isso eu já estava a imaginar que a recuperação seria mais fácil do que a relatada aqui.

E nao é que eu estava certa?! A prova disto foi que no dia seguinte a operação, enfermeiras e fisioterapeutas já estavam a me levantar. A primeira “levantada” a gente nunca esquece 😂 😂 😂 😂 ainda mais quando se está “toda estrupiada”!

Eu dizia para o meu esposo: “Amor, as vezes me sinto um ⛲ chafariz ⛲com tantos “buracos” pelo corpo! E você, acha que estou exagerando? Hum, sabe de nada inocente! 😱

Agulhas em um dos pulsos para medir a pressão sanguinea, agulhas nas mãos, no pescoço e um cateter de infusão de fármaco nas costas… A parte boa é que a primeira citada foi retirada logo após a cirurgia e as duas agulhas das maoes, no dia seguinte, permanecendo apenas com os cateteres do pescoço e costas.

Preciso registrar que este cateter de infusão de fármaco é a melhor invenção do mundo! E se você nunca ouviu falar, sao bombas de infusão de fármaco, que liberam medicação para dor na região repleta de fluido ao redor da medula espinhal e que oferece um significativo controle da dor usando uma pequena fração da dose que a medicação oral requer.

Bom, posso dizer que apesar de terem sido dias dificéis foram, em partes, divertidos e já vou explicar isso. Minha companheira de quarto era uma senhorinha bem falante, que quase me matou do coração na primeira noite. É verdade! Menina/o, ela falava sozinha e nao, nao era uma “conversa amigável”, ela ficava realmente brava com a pessoa que, segundo ela, havia “comprado as flores erradas” 😂 e todas as noites eram assim, só as histórias que mudavam…

Agora vou compartilhar algumas fotos com você e claro, falar um pouquinho sobre cada uma delas. Preparado/a?

charite2015 3

  • 03/ março/ 2015 – Fazendo minha primeira refeição.
  • 04/ março/ 2015 – Neste dia consegui sentar algumas vezes e também, com a ajuda das fisioterapeutas, levantei-me duas vezes e dei um “voltinha” ao redor da cama 🙂 / – A cena do dia 17 de janeiro de 2013 se repetia e era ela, a ⛄ neve, a personagem principal daquela noite fria…
  • 05/ março/ 2015 (sem foto) – Neste dia consegui caminhar pelo corredor do hospital. / – Já aquela noite nao foi das melhores, tive febre nos braços e mãos (efeitos da anestesia) e por isso, precisei de mais medicação

charite2015 4

  • 07/ março/ 2015 – Uma cena, para mim, inesquecível… Nesta e em outras noites, eu era acordada com a luz da lua que refletia em meu rosto. Foram momentos únicos e que me trouxeram muita paz…
  • 08/ março/ 2015 – Um dia especial e apesar da cara de doente, é possível reparar que eu estava feliz neste dia. Era um belo domingo de sol e pela primeira vez, caminhei até a parte externa do hospital. Na tarde deste mesmo dia retiraram os meus cateteres das costas e pescoço.

charite2015 9

  • 09/ março/ 2015 – Um dia muuuuuito legal!!!! Era manhã de segunda-feira quando recebi um convite para participar da 🎨 terapia artistica 🎨 que aconteceria ali mesmo, na clinica das mulheres. Lembro-me de estar eufórica com o convite e também de chegar uns 10 minutos antes do horário 😂 😂. Confesso que sempre tive vontade de pintar mas, tenho consciência que nao nasci com talento necessário para tal 😞. Apesar disso, foi uma tarde muito agradável e fiquei com gostinho de quero mais… / Qualquer dia destes compartilho as fotos dos meus dois desenhos e falo um pouco mais sobre este dia especial em minha vida.

charite flores

E é claro que eu nao poderia deixar de compartilhar a foto das lindas 🌷 tulipas 🌷 que estavam a esperar por mim, na minha casa.

Você já parou para observar como o tempo realmente voa?! Já se passaram dois meses da cirurgia e a cada dia eu me sinto melhor e aos poucos vou retomando as atividades normais.

Preciso registrar quao grande é a bondade de Deus para comigo. Apesar de todas as dificuldades dos últimos três anos, Ele me permitiu estar aqui e compartilhar com você cada um desses momentos e nada mais justo que eu agradeça também a você, que me fez companhia ao longo destes relatos.

Chega aqui pertinho 👂 para eu te falar algo baixinho 👂  “Eu desejo de todo o coração que este seja o meu último post de Relatos & Retratos envolvendo estadias hospitalares…

Agora em alto e bom som: 📢  “Que eu permaneça saudável para seguir uma vida tranquila, feliz. E que eu venha aqui apenas para dar boas notícias! 📢

 EIS UM FATO: As dificuldades que enfrentamos são a maneira de Deus nos encorajar a descobrirmos o melhor de nós mesmos!  Frankin Martins

 Acompanhe o blog através do👍 Facebook e 📷 Instagram

😘 no seu ❤


Anúncios

2 comentários sobre “Assim foram aqueles dias…

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s