Figueres – a terra natal de Dalí

Na estréia da categoria “Comigo na Estrada” vou contar um pouquinho sobre as nossas férias de verao do ano passado (2013). Foi uma viagem bem especial, onde pela primeira vez, tive a oportunidade de conhecer um pedacinho da Espanha, mais especificamente, da deslumbrante Costa Brava. Comecamos nossas férias por Figueres, depois seguimos para Cadaqués (e seus arredores) e finalizamos em Barcelona. Quer saber mais? Vem comigo!!!

  • Figueres

Uma centro econômico e sociocultural, com cerca de 45 mil habitantes. Figueres é a cidade mais importante da região norte da Catalunha e é conhecida mundialmente por ser a cidade que viu o pintor Salvador Dalí nascer (1904) e morrer (1989).

 
Salvador Domingo Felipe Jacinto Dali i Domènech, 1º Marquês de Dalí de Púbol, conhecido apenas como Salvador Dalí, foi um importante pintor catalao, conhecido pelo seu trabalho surrealista, influenciado pelos mestres do Renascimento. Seu trabalho chama a atenção pela incrível combinação de imagens bizarras, oníricas, com excelente qualidade plástica.

Figueres possui uma história rica, com construcoes antigas, museus e simpáticas ruelas, além das muitas opcoes de bares de tapas. Lá está o Teatro-Museu Dalí (inaugurado em 1974), o museu está repleto de obras, desenhos do próprio artista, esculturas e jóias, sem dúvida, é a principal atração da cidade.

Teatro-Museu Dalí em Figueres

Teatro-Museu Dalí – Em Figueres

Na foto acima, o “discreto” Teatro-Museu Dalí – Repare na parede pink e nos ovos gigantes no alto do edifício.

Acima nossos ingressos para o Teatro-Museu Dalí e

Nossos ingressos para o Teatro-Museu Dalí e “Dalí – Joies”. Cada entrada custou € 12.

Destaque para a cúpula metálica, debaixo dali, está os restos mortais de Dalí. Esculturas (em frente ao Teatro-Museu) criada por Dalí para homenagear o amigo (e filósofo) Francesc Pujols.

Teatro-Museu Dalí – Em Figueres

Na foto é possível ver a cúpula metálica do museu e debaixo dali, está os restos mortais do pintor. Em frente ao museu, destaca-se o monumento criado por Dalí para homenagear o amigo (e filósofo) Francesc Pujols e observe os ovos dourados, uma marca registrada do pintor.

Teatro-Museu Dalí - Em Figueres

Teatro-Museu Dalí – Em Figueres

Algo que valeu muito a pena, foi encararmos a fila para vermos Kiss me, Mae – a sala é composta por 2 quadros do artista, uma lareira e o sofá (foto acima) – olhos, nariz e boca – que através de uma lente resproduz o rosto da atriz Mae West. Muito legal!

FotorCreatedmuseu

Teatro-Museu Dalí em Figueres

Nao é um museu “comum”, por todos os lados é possivél encontrar diversas surpresas, dentre elas, ilusões de ótica. É impossível contar a quantidade de objetos, que por sua vez, estao pendurados e colados nas paredes e teto do museu.

Teatro-Museu Dalí - Em Figueres

Teatro-Museu Dalí – Em Figueres

Na foto acima, está o famoso Cadillac da máfia. Diz a lenda que ele pertenceu a Al Capone. Ao redor do carro estao um barco pesqueiro, estátuas e varios pneus de trator.

“Dalí - Joies” no Teatro-Museu Dalí - Em Figueres

“Dalí – Joies” no Teatro-Museu Dalí – Em Figueres

Ainda no Teatro-Museu Dalí, visitamos a exposição permanente “Dalí – Joies” (“As Jóias de Dalí”). É um lugar magico e com peças lindíssimas: “Olho do Tempo” (1949) – o broche “Lábios de Rubi” (1949) –  “Space Elephant” (o elefante era uma das imagens favoritas de Dalí) – o broche “Persistence of Memory” que foi inspirado na tela “A persistência da Memória” (1931), que se tornou o trabalho mais conhecido do pintor e “The Royal Heart”, a jóia mais famosa de Dalí, criada para sua esposa Gala. Estas sao apenas algumas das preciosidades encontradas no “Dalí – Joies”.

Também existe a possibilidade de visitar Castell Sant Ferran, uma fortaleza que foi construída no século XVIII e que esta aberta ao público desde o ano de 1997. Infelizmente, o castelo ficou para a nossa próxima visita a cidade.

Depois de horas dentro do museu, fomos “bater perna” pela cidade e como o calor estava de “derreter”, aproveitamos para experimentar “cervezas” da regiao e alguns dos típicos tapas.

Relaxando em Figueres

Relaxando em Figueres

E foi assim nossa passagem por Figueres, muitas emocoes, tapas e “cervezas” :D. Momentos especiais e certamente, uma experiência única.

No próximo post de “De Mala & Cuia”, vou contar um pouquinho sobre Cadaqués, um lugar encantador, que conquistou meu coracao!

Beijinhos 

 

– Fonte das Imagens:Arquivo Pessoal
– Fonte das informações: Informacoes retiradas de folhetos turisticos e do site Wikipédia
– Curta a página no facebook: www.facebook.com/viidaquerida
Anúncios

3 comentários sobre “Figueres – a terra natal de Dalí

  1. Pingback: Cadaqués, uma História de Amor – Parte I | Vida Querida

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s